5 motivos inquestionáveis para ter um imóvel

5 motivos inquestionáveis para ter um imóvel

Talvez você já tenha ouvido dizer, até mesmo de especialistas em finanças, que comprar um imóvel não é vantajoso. Essa é uma questão muito relativa. Dependendo da fase de vida, idade ou carreira que pretenda seguir, muitas vezes, o aluguel é uma melhor alternativa. No entanto, um lar para chamar de seu não tem preço. Por isso confira os motivos pelos quais você deve comprar um imóvel.

1. Uma casa é sempre uma necessidade

Independente de você ser solteiro, casado com ou sem filhos, sempre precisará que um teto. Quando se é solteiro você tem mais opções e flexibilidade para mudanças: pode morar com seus pais, dividir uma casa ou apartamento com alguns conhecidos ou morar sozinho. Mas se um dia você pretende casar, a situação já muda um pouco. Uma mudança impacta não só a sua vida, como de toda a sua família.

Quando se aluga um imóvel você sempre estará sujeito a esse risco. A casa é sua apenas pela vigência do contrato. Passado esse período o proprietário pode pedir a casa, resolver vender e reajustar o aluguel. Imagina você construir toda uma vida em uma residência que não é sua? Ou pior, ter que se mudar com um aviso de apenas 1 mês de antecedência? Não seria frustrante?

2. Alugar um imóvel não significa independência

Alugar te permite ter mobilidade. Se você é jovem e ainda não decidiu onde quer se estabelecer, o aluguel pode te trazer alguns benefícios. Porém, lembre que alugar significa depender dos outros: do corretor, da administradora de bens, do proprietário e do fiador.

Para quem já está estabelecido pessoal e profissionalmente e pretende ficar bastante tempo em um mesmo lugar, a compra é a melhor saída. Isso porque a posse da própria moradia é uma peça fundamental da verdadeira independência financeira. E você certamente quer chegar lá um dia, não é mesmo? Então porque não já ir se preparando para isso?

Especialistas em finanças recomendam que o jovem comece a economizar para a compra da casa própria assim que começar a trabalhar, ainda que por ora a transação não seja possível ou vantajosa financeiramente.

3.  Sua casa, do jeito que você sempre quis

Por mais que um imóvel não quitado não seja efetivamente seu, ele será mais seu do que um imóvel alugado jamais será. Enquanto paga as prestações você já pode reformá-lo ou decorá-lo a seu bel-prazer, além de consertar qualquer problema tão logo ele apareça. Não haverá a burocracia de se pedir a autorização de um proprietário – que pode, ainda por cima, ser irredutível nas exigências.

Sua casa, com sua cara e tudo do jeito que você sempre quis, só vale a pena se for realmente sua.

4. Você poupa pagando as prestações

A casa própria é um bom motivo para poupar – principalmente para quem já é inquilino e quer se livrar do aluguel o mais rápido possível. Mais do que isso: mesmo um financiamento pode ser encarado como uma “poupança forçada”, uma vez que obriga o mutuário a construir uma parcela significativa do patrimônio.

A tendência é que o imóvel se valorize com o tempo, ou seja, seu imóvel valerá mais com o passar dos anos e você constrói um patrimônio.

5. Estabilidade e garantia

Ainda que você goste muito de trabalhar e não pretenda se aposentar tão cedo, essa é uma realidade. A empregabilidade cai muito quando se atinge certa idade e sua energia também não será mais a mesma. Em 30 anos, normalmente um financiamento imobiliário é quitado e você já terá reduzido uma despesa para quando se aposentar.

Além do mais, um imóvel quitado serve como garantia em caso de necessidade de outros financiamentos emergenciais. Você paga menos juros e consegue aprovação mais rápida quando tem bens em seu nome. Sem contar a segurança para os seus filhos, se um dia os tiver.

Agora que você já entendeu que precisa ter seu próprio imóvel, entre em contato conosco e conheça nossas opções!

Vendas